PL EN


2017 | 20 | 89-102
Article title

Formação de comunidades étnicas polonesas no Rio Grande do Sul: estruturas de um processo escolar

Content
Title variants
EN
Formation of Ethnic Polish Communities in Rio Grande do Sul: Structures of a School Process
Languages of publication
PT
Abstracts
PT
O presente artigo tem por objetivo analisar a formação das comunidades étnicas e o processo escolar da imigração polonesa no estado do Rio Grande do Sul (Brasil), como estruturas de um processo escolar étnico desenvolvido em meados do século XIX e nas primeiras décadas do século XX. Esta pesquisa utiliza os referenciais teóricos da História Cultural, considerando o caráter processual da ciência e sua contingência na análise de diferentes fontes na construção de uma narrativa, utilizando-se principalmente do conceito de processo identitário étnico de Barth (1998) associado à Hall (2006). A identidade étnica é uma das fontes na produção, sentidos das representações da realidade no imaginário social. As transformações culturais nos processos identitários é um elemento importante para a formação de comunidades e para a produção dos espaços e realidades sociais situados num tempo histórico estabelecido. Em relação à imigração polonesa, a formação de comunidades permitiu o surgimento do processo de ensino entre os imigrantes e descendentes constituindo-se em um conjunto cultural apoiado no processo de formação comunitária.
EN
This article aims to analyze the formation of Polish ethnic communities in Rio Grande do Sul, as structures of an ethnic school process developed in the middle of the 19th century and in the first decades of the 20th century. This research uses the theoretical references of Cultural His-tory, considering the processual character of science and its contingency in the analysis of dif-ferent sources in the construction of a narrative, using mainly the concept of ethnic identity process of Barth (1998) associated to Hall (2006). Ethnic identity is one of the sources in the production senses of representations of reality in the social imaginary. Cultural transformations in identity processes are an important element for the formation of communities and for the production of spaces and social realities situated in an established historical time. In relation to Polish immigration, the formation of communities allowed for the emergence of the educational process among immigrants and descendants, constituting a cultural group supported in the process of community formation.
Year
Issue
20
Pages
89-102
Physical description
Dates
published
2017-12-30
Contributors
References
  • Adami, J.S. (1971). História de Caxias do Sul, 1964-1970. I Tomo. Caxias do Sul: Paulinas.
  • Barth, F. (1998). Grupos étnicos e suas fronteiras (1976), In: P. Poutigant; J. Streiff-Fenart, Teorias da Etnicidade. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 185-228.
  • Cuber, A. (1898). Z nad Uruguayu. In: F. Zdanowski, Kalendarz Polski na rok zwyczajny 1898. Porto Alegre: edição do autor.
  • Decreto n. 3784 (1867, janeiro 19). Conjunto de Leis do Império Brasileiro.
  • Farina, G. (1986). História de Nova Prata – Rio Grande do Sul. Caxias do Sul: EDUCS.
  • Gardolinski, E. (1977). Escolas da Colonização Polonesa no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Escola Superior de Teologia São Lourenço de Brindes, Caxias do Sul, UCS.
  • Gazeta Handlowo-Geograficzna (1897). Arquivo da Sociedade Polônia (material fotocopiado).
  • Głuchowski, K. (2005). Os poloneses no Brasil. Porto Alegre: Rodycz & Ordakowski.
  • Hall, S. (2006). A identidade Cultural na Pós-modernidade. Tradução: Tomaz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro. Rio de Janeiro: DPeA Editora.
  • Lei no. 771 (1871, maio 4). Província de São Pedro do Rio Grande do Sul. Cria o conselho. Porto Alegre: Diretor da Instrução Pública.
  • Livro de Óbitos no. 1 da Paróquia Santa Teresa (s.d.). Caxias do Sul, RS.
  • Malikoski, A. (2014). Escolas étnicas dos imigrantes poloneses no Rio Grande do Sul, 1875-1939. (Dissertação de Mestrado). Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul.
  • Marin, I.J. (2014). Imigrantes poloneses afundados num mar italiano. Caxias do Sul: Maneco.
  • Periódico Polonia (1931). Documentação avulsa. Arquivo da Sociedade Polônia, Porto Alegre – RS.
  • Przegląd Towarzystw i Szkół Polskich w Brazylii (1937). Consulado da Polônia, Museu Municipal de Áurea, RS.
  • Relatório da Instrução Pública (1883). Programa de Ensino Público Primário da Província de S. Pedro do Rio Grande do Sul.
  • Relatório de Francisco de Barros e Accioli de Vasconcelos, de 1887. Inspetor geral – Inspetoria Geral das Terras e Colonização.
  • Sęk, J. (1986). Szkolnictwo polonijne w Brazylii w latach 1941-1980. Lublin: Szkolnictwo w XX wieku.
  • Schneider Portella, R. (1993). A instrução pública no Rio Grande do Sul (1770-1889). Porto Alegre: UFRGS/EST.
  • Stoltz, R. (1997). Cartas de imigrantes. Porto Alegre, RS: Edições EST.
  • Wachowicz, R.C. (2002). As escolas da colonização polonesa no Brasil. Curitiba: Champagnat.
Document Type
Publication order reference
Identifiers
YADDA identifier
bwmeta1.element.desklight-2967e89b-46e9-4ec9-9aa2-706a2fb8ad15
JavaScript is turned off in your web browser. Turn it on to take full advantage of this site, then refresh the page.