PL EN


2014 | 13 | 261-272
Article title

Criatividade linguística, cultura e ensino da língua portuguesa (português língua não‑materna): O que a Linguística Cognitiva nos ensina acerca das diferenças entre o Português Europeu e o Português do Brasil?

Title variants
EN
Linguistic creativity, culture, and teaching Portuguese as a non‑native language: what does Cognitive Linguistics teach us about European Portuguese (EP) and the Portuguese of Brazil (BP)?
Languages of publication
PT
Abstracts
EN
Given the different linguistic varieties of Portuguese, and especially the two national varieties (EP and BP), reflecting on teaching of Portuguese as a non‑native language is a complex task that needs to be taken up by entities engaged in the process, especially if it happens outside of the space of Lusophone countries. In this paper, we propose to go beyond the usual concerns about the differences between the two varieties (phonetic, phonological, lexical and morphological) widely known and presented in Portuguese grammars, and to concentrate on the semantic, discursive and conceptual levels of language, anchoring the study in the framework of Cognitive Linguistics, and discussing the role of linguistic creativity and conceptualization in advertising (BP and EP) [cf. Arruda, 2013 and Batoréo, in press].
Year
Volume
13
Pages
261-272
Physical description
Contributors
  • Universidade Aberta
References
  • Alves , I. M. (no prelo), “Aspectos lúdicos em compostos neológicos do PB”, em: Textos do II Colóquio Brasileiro de Morfologia: Uma Homengem a Margarida Basílio, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro (conferência do dia 8 de Julho de 2013).
  • Arruda , M. R. (2013), Aqui a natureza é a estrela: Mesclagem Conceptual e Redes de Espaços Mentais na campanha Hollywood da Hortifruti, Dissertação de Mestrado, Universidade Aberta, Lisboa.
  • Bas ílio , M. (2010), “Fusão vocabular expressiva: um estudo da produtividade e da criatividade em construções lexicais”, Textos Seleccionados, XXV Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística, APL, Porto, pp. 201‑210, [on line] http://www.apl.org.pt/docs/25‑textos‑seleccionados/ 15‑Margarida%20Basilio.pdf – 12.09.2013.
  • Batoréo , H. J. (2000), Expressão do Espaço no Português Europeu. Contributo Psicolinguístico para o Estudo da Linguagem e Cognição, FCT e Fundação Calouste Gulbenkian, Textos Universitários de Ciências Sociais e Humanas, Lisboa (Tese de Doutoramento, FLUL, Lisboa, 1996).
  • Batoréo , H. J. (2010a), “Cognitive and Cultural Models of Sociocultural identities: conceptualising football as colour and/or wild creature in journalistic European Portuguese Discourse”, em: Soares da Silva, A. [et al.] (org.), Comunicação, Cognição e Média, vol. 2, Publicações da Faculdade de Filosofia, Universidade Católica Portuguesa de Braga, Braga, pp. 47‑62.
  • Batoréo , H. J. (2010b), “Produtividade lexical, espaços mentais integrados e lexias compostas na Língua Portuguesa (PE e PB): o que a Linguística Cognitiva nos ensina sobre Língua e Cultura?”, Revista LingüíStica, 6, 2, Programa de Pós‑Graduação em Linguística da UFRJ, Rio de Janeiro, pp. 27‑43.
  • Batoréo , H. J. (2011), “As raízes de «botafogo»: construção de sentidos múltiplos em Português Europeu”, Veredas, 15, 2, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, pp. 94‑106, [on line] http://www.ufjf.br/revistaveredas/files/2011/05/artigo‑82.pdf – 12.09.2013.
  • Batoréo , H. J. (no prelo, a), “Linguística Cultural e o estudo do Léxico da Língua Portuguesa (PE e PB): A Lingugem‑em‑uso, os sentidos múltiplos e as operações de perspectivação conceptual”, em: Textos do I Congresso Internacional de Estudos do Léxico (CIEL), Universidade da Bahia, Salvador (Conferência da Mesa redonda: Léxico e Cognição, CIEL, 18 de Abril 2011).
  • Batoréo , H. J. (no prelo, b), “As «fuves» de Margarida Basílio ou a criatividade linguística ao serviço da linguagem da publicidade: O que a Linguística Cognitiva nos ensina acerca das diferenças entre o Português Europeu (PE) e o Português do Brasil (PB)?”, em: Textos do II Colóquio Brasileiro de Morfologia; uma homenagem a Margarida Basílio, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro (Conferência de encerramento do CBM, 10 de Julho de 2013).
  • Brandt , P. A. (2001), “Mental Space Networks and Linguistic Integration”, em: Soares da Silva, A. (org.), Linguagem e Cognição. A Perspectiva da Linguística Cognitiva, APL/Universidade Católica de Braga, 2001, Braga, pp. 63‑78.
  • Brandt , L. & Brandt , P. A. (2005), Making sense of a blend. A cognitive‑semiotic approach to metaphor, em: Ruiz de Mendoza Ibáñez, F. J., Annual Review of Cognitive Linguistics, 3, John Benjamins Publishing Company, Amsterdam–Philadelphia, pp. 216‑249.
  • Coimbra e Silva , R. L. (1999). “A Linguagem metafórica”, [on line] http://www.multiculturas.com/retorica/imagens/Rosa_Coimbra_ling_metafor.pdf – 12.09.2013.
  • Coimbra e Silva , R. L. (2000), “Quando a Garrafa é um Porco: Metáforas (verbo) pictóricas no texto publicitário”, Actas do XV Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística, Associação Portuguesa de Linguística, Lisboa, 243‑253.
  • Coimbra e Silva , R. L. (2003), “O nu na publicidade, estratégias pictóricas e discursivas”, em: Ferreira, A. M. (coord.), Percursos de Eros (Actas do 9º Encontro de Estudos Portugueses), ALAEP, Universidade de Aveiro, Aveiro, pp. 247‑258.
  • Coimbra e Silva , R. L., A. M. B. Nunes , A. M. B. (2002), “Títulos de Imprensa: que Dificuldades para o Falante de PLE?”, Cadernos de PLE2, Universidade de Aveiro, Aveiro, pp. 57‑74.
  • Fauconnier , G. (1994), Mental spaces: aspects of meaning construction in natural language, Cambridge University Press, Cambridge.
  • Fauconnier , G., Turner , M. (2002), The Way We Think, Basic Books, New York.
  • Fauconnier , G., Turner , M. (2006), “Rethinking Metaphor”, em: Gibbs, R. W. (ed.) Cambridge Handbook of Metaphor and Thought, Cambridge University Press, New York, 53‑66.
  • Forceville , C. (2008), “Metaphor in pictures and multimodal representations”, em: Gibbs, R. W. (ed.), The Cambridge Handbook of Metaphor and Thought, Cambridge University Press, Cambridge, pp. 462‑482. Hortifruti, [on‑line]http://www.hortifruti.com.br – 12.09.2013.
  • SOARES DA SILVA, A. (2011a), “Para a abordagem socioletométrica do pluricentrismo do português europeu e brasileiro: dos indicadores lexicais aos construcionais e atitudinais”, em: Soares da Silva, A., Torres, A., Gonçalves, M. (orgs.), Línguas Pluricêntricas: Variação Linguística e Dimensões Sociocognitivas / Pluricentric Languages: Linguistic Variation and Sociocognitive Dimensions, Aletheia, Publicações da Faculdade de Filosofia da Universidade Católica Portuguesa, Braga, pp. 573‑592.
  • SOARES DA SILVA, A. (2011b), “Palavras, significados e conceitos: o significado lexical na mente, na cultura e na sociedade”, Cadernos de Letras da UFF Dossiê: Letras e Cognição, 41, pp. 27‑53.
  • Teixeira, J. (2006). “A reciclagem do significado de comunidade: processos de reinterpretação no texto publicitário”, Diacrítica. Série Ciências da Linguagem, nº 20/1, Universidade do Minho, Braga, pp. 207‑228, [on line] http://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/5250 – 12.09.2013.
  • Teixeira, J. (2007), “Mecanismos metafóricos e mecanismos cognitivos: provérbios e publicidade”, em: Actas del VI Congresso de Linguística General, Arco Libros, Madrid, [on line] http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/7400/1/ProvérbiosPublicid.pdf – 12.09.2013.
  • Teixeira, J. (2011), “Os publicitários são mesmo uns exagerados?: A metáfora e a metonímia na publicidade”, em: Actas del II Congreso Internacional SEEPLU “Difundir l/a Lusofonia”, Facultad de Filosofía y Letras da Universidad de Extremadura, Espanha, [on line] http://hdl.handle.net/1822/14087) – 12.09.2013.
Document Type
Publication order reference
Identifiers
YADDA identifier
bwmeta1.element.desklight-2edd1769-36ba-4d46-9839-da0b736cbc48
JavaScript is turned off in your web browser. Turn it on to take full advantage of this site, then refresh the page.